Home Notícias Pais temem que filhos perdidos sejam adotados
Pais temem que filhos perdidos sejam adotados PDF Imprimir E-mail

RIO - Pais com crianças desaparecidas após as chuvas na região serrana do Rio temem que os filhos possam ter sido entregues ilegalmente para outras famílias. Um comunicado da Prefeitura de Teresópolis, no último sábado, aumentou o temor.

A prefeitura informou que cadastraria em um ginásio esportivo da cidade casais interessados em adotar crianças desabrigadas e consideradas órfãs após a tragédia.

A juíza da Vara da Infância e da Juventude de Teresópolis, Inês Joaquina Sant'ana Santos Coutinho, determinou que a prefeitura recuasse.

Ela também emitiu nota explicando que órfãos poderão ser entregues a casais sim, mas os já cadastrados para adoção na lista nacional, o que é previsto na legislação.

Mesmo com a providência tomada pela Justiça, começaram a surgir boatos de que crianças estavam sendo retiradas dos abrigos. No ginásio Pedrão, no centro, a prefeitura fez uma ficha para cada criança. Nenhum pai ou mãe pode sair do local com os filhos sem o documento.

Fonte: Agora São Paulo -18/01/2011 http://www.agora.uol.com.br/brasil