Home Livros e Filmes
A Espera PDF Imprimir E-mail

Título: Os Caminhos do Coração. Pais e filhos adotivos
Autor: Maria Tereza Maldonado
Editora: Saraiva
Sinopse:Se você adotou ou pensa em adotar filhos, encontrará neste livro respostas para suas dúvidas e temores, bem como caminhos para construir um vínculo amoroso significativo

Título: Refletindo a adoção
Autor: Cezar, Clélia Zitto
Editora: Monte Refúgio

Título: Ensaios sobre formação e rompimento de vínculos afetivos
Autor: Berthoud, Cristina M.E. - Bromberg, Maria Helena, P.f - Borrego, Maria Renata M.C.
Editora: Cabral Editora Universitária

Título: Filhos do coração
Autor: Berthoud, Cristiana
Editora: Cabral Editora Universitária

Título: Pais Adotivos, filhos adotivos
Autor: Cunha, Aldemis Rodolfo e Westphal, Jonas
Editora: Sinodal

Título: Meu filho adotivo
Autor: Mattos, Eliete – Nunes, Regina Sales
Editora: Almed

Título: Compreendendo o filho adotivo
Autor: Schettini Filho, Luis
Editora: Bagaço
Sinopse:Psicoterapeuta a mais de vinte anos, mostra que a Adoção afetiva é a verdadeira relação parental. E esta não é a necessidade apenas dos adotados; qualquer filho precisa ser afetivamente adotado.

Título: Compreendendo os pais adotivos
Autor: Luis Schettini Filho
Editora: Bagaço
Sinopse: O autor trata da verdade história do filho adotado, do significado das ligações genéticas com os pais de origem, e aspectos existenciais relevantes para a organização da família. Além disso, entre outras, aborda as dificuldades que surgem na convivência familiar, como nos casos de separação do casal que têm filhos adotivos

Título: Laços de Ternura
Autor: Lída N.D Weber,
Editora: Santa Mônica
Sinopse: No Brasil existe uma grande quantidade de crianças sem família e muita gente interessada em realizar uma adoção. Apesar disso, até agora não existia uma publicação que realmente situasse o leitor neste tema o livro contribui firmemente para a superação desta carência de informações sobre a adoção. Assim sendo, a sua leitura é imprescindível para todos aqueles que, de uma forma ou de outra, estejam envolvidos com a adoção de uma criança: pessoas que pretendem adotar, pais adotivos, irmãos adotivos, pessoas que foram adotadas, pessoas preocupadas com o problema das crianças ,sem famílias, pessoas que trabalham em instituições de adoção, legisladores, magistrados, etc.

Dr. Ailton Amélio da Silva
Instituto de Psicologia/USP
Há hoje unia consciência mais clara de que os caminhos escolhidos no passado não conduziram a soluções satisfatórias ao problema do abandono de criança. Assim como se sabe que não existem soluções rápidas e mágicas. A questão envolve o estabelecimento de complexas relações humanas de afeto e não está sujeita a simples fórmulas. A adoção, portanto, não constitui a solução, mas certamente uma das possibilidades indicadas para aqueles que parecem fadados ao abandono pela vida afora. Ela tem sido para muiltas crianças a oportunidade de encontrarem o amor e florescerem; e para inúmeros adultos, o caminho que conduz à materialização de um sentido profundo de doação e realização pessoal. São histórias de amor que merecem ser conhecidas por todos nós. Dra. Irene Rizzini CESPI/USU/UERJ,